segunda-feira, 21 de maio de 2012

As melhores posições para cada tipo de pênis

Existem vários "modelos" de pênis por aí! Conheça todos eles e aprenda as posições mais confortáveis e prazerosas para brincar de acordo com cada um.



Pequeno

Invista em posições nas quais ele controla os movimentos. Você pode ficar de quatro e ser penetrada por trás. Esta posição dá uma maior sensação de preenchimento. Outras opções: ficar de conchinha com o gato ou deitar-se de costas na cama e colocar as pernas sobre o ombro dele. "Essas opções permitem aprofundar a penetração", diz a personal sex trainer Fátima Moura.

Fino

Neste caso, você precisa encontrar posições em que consiga pressionar a vagina, aumentando, assim, o atrito do pênis com a parede interna da sua genitália. Uma alternativa é ficar com as pernas fechadas durante o papai e mamãe ou colocar as pernas por dentro das pernas do gato na posição de conchinha.

Fino na ponta e grosso na base

A melhor dica é: evite as posições em que exista muito entra e sai do pênis na vagina. Então, peça para o gato sentar e fique por cima dele. "Para a base do pênis não machucá-la, também é indicado usar um lubrificante à base de água, pois ele deslizará melhor", assegura Fátima.

Grande

Se o seu parceiro é bem-dotado (independentemente de ser grosso ou fino), a melhor opção é encontrar posições nas quais você tenha controle sobre a profundidade e o ritmo da penetração. Peça para o gato deitar e sente-se sobre o pênis dele. Faça movimentos circulares com o quadril enquanto subir e descer nele. Vale também tentar a básica papai e mamãe, mas não use travesseiro por baixo do quadril para não se machucar.

Grosso

Por possuir uma espessura bem acima da média, você deve usar um lubrificante à base de água para se sentir mais confortável durante a penetração. "A mulher precisa escolher posições nas quais possa controlar a penetração", afirma Fátima. Você também pode conseguir mais prazer se optar por posições em que suas pernas permaneçam abertas. Por exemplo, a famosa "papai e mamãe".

Torto

Para o lado 
Opte pela posição de conchinha em que você e o rapaz ficam deitados de lado. "Assim, a penetração ocorre melhor", assinala Fátima.

Para baixo 
Uma boa alternativa é deitar-se e pedir que o gato levante seu quadril para um encaixe melhor.

Para cima
Tome cuidado para não machucar o interior da vagina. "Ficar de quatro é uma posição que encaixa bem. Mas se incomodar, procure outra", ensina Fátima.

Parafuso

Não há dúvida de que é mesmo esquisito quando o menino dele parece se enroscar como um macarrão parafuso. Mas os urologistas garantem tratar-se de um fenômeno normal conhecido como torção peniana. Acontece quando um lado do membro se desenvolve num ritmo diferente do outro. E só vira problema se a tal torção alcançar mais de 90 graus, pois aí, sim, pode dificultar a ereção e exige uma visita ao médico. 

Preste uma homenagem ao estilo personalíssimo do rapaz oferecendo a ele uma sensual posição lateral. Faça-o deitar de costas com uma das pernas dobrada. Fique de joelhos e monte sobre ela. Assim que o pênis estiver dentro de você, movimente-se com o corpo inclinado para a frente, de modo a friccionar o clitóris contra a coxa do seu homem. E viva a variedade!

Ovo de páscoa

Nunca viu? É aquele pênis que parece confortavelmente instalado no "ninho". Comum em homens acima do peso, cujo membro fica meio escondido sob o excesso de pele e a gordura. E, se você também estiver de mal com a balança, transar pode virar um desafio, porque aí serão duas barrigas para atrapalhar. Se ganhar alguns centímetros não for motivação suficiente para seu homem resistir às comidas gordurosas e aos chopes, nada será. Claro que ele pode ter o corpo sarado e, ainda assim, não ser nada atlético lá embaixo. Afinal, muitas vezes um pênis é pequeno e ponto.

A penetração por trás é aquela que permite um maior contato. Portanto, deite-se na beira da cama com metade do corpo para fora e as pernas afastadas. Seu homem deve ficar de pé entre elas e penetrá-la. Feito isso, peça a ele que levante seu corpo segurando-a pelas coxas. Desse modo, pode ir ainda mais fundo.

Vagem

Se o pênis dele é mais estreito em algumas partes que em outras, talvez seja um problema congênito na estrutura, que às vezes provoca fraqueza e tendência a se dobrar. A doença de Peyronie também pode causar o mesmo efeito. No entanto, se é franzino de ponta a ponta, você precisará ser criativa para aumentar as sensações. Respeite os sentimentos dele, tratando de engolir o comentário "É só isso?", e exercite os músculos pélvicos, contraindo-os como faz quando prende a urina. É uma excelente maneira de fortalecê-los - e vai precisar deles para ter e dar prazer.

Deite-se de costas. Levante as pernas e dobre-as para trás até seus joelhos (ligeiramente flexionados) ficarem na altura dos ombros. Ele deve se ajoelhar à sua frente, sustentando seu bumbum nas coxas, e penetrá-la. Essa posição estreita o canal vaginal e permite que ambos sintam a penetração com mais intensidade.


FONTE: Portal MdeMulher - Amor e sexo



Gostaram das dicas?!? Comente com agente!!!!



Discreto, como você precisa. Prazer, como você merece.


Nenhum comentário:

Postar um comentário